Site exclusivo para lojistas Seja um parceiro Sou consumidor final

O que é aromaterapia

O Que é A Aromaterapia?

Como o próprio nome indica (‘aroma’ significa cheiro agradável e ‘terapia’, tratamento), é uma técnica terapêutica, a ciência e também a arte que utiliza substâncias aromáticas naturais – os óleos essenciais das plantas, controladamente, para melhorar a saúde física, mental e emocional. A Aromaterapia utiliza diversas formas de aplicação (como massagens, banhos, inalações, entre outras) que auxiliam na cura dos sintomas e das causas.

A Aromaterapia trabalha o corpo de uma maneira natural e holística. Segundo a International Aromatherapy Association, é uma técnica de tratamento complementar, fazendo uso dos óleos essenciais 100% puros, cujas fontes vegetais foram cultivadas, colhidas e processadas de forma a preservar as substâncias químicas para auxiliar nos tratamentos de sintomas físicos, mentais, emocionais e do bem-estar geral. É reconhecida pela Organização Mundial da Saúde.

Os óleos essenciais gentilmente atuam no corpo, restaurando nossas energias curativas e proporcionando o balanceamento entre corpo, mente e espírito. A Aromaterapia completa outras terapias, tanto as convencionais quanto as complementares (hoje chamadas de cuidados integrativos), que buscam a cura de seus pacientes.

Existem muitas oportunidades para um aromaterapeuta habilitado, e o local e a maneira como você escolherá para trabalhar dependerão das suas circunstâncias pessoais, da sua personalidade e preferências, as quais poderão mudar com o tempo e com as experiências.

O aromaterapeuta profissional têm várias opções de trabalho, como:

o   Em um dos cômodos da sua própria casa;

o   Em grupo, ao lado de outros profissionais, como em uma clínica de terapia complementar;

o   Como um terapeuta que atende na casa das pessoas;

o   Como um terapeuta que trabalha por conta própria, possivelmente empregado por outras pessoas;

o   Em uma clínica médica ou hospital;

o   Em um SPA, clínica de estética ou salão de beleza;

o   Como complementar à área em que o profissional tem sua especialidade.

 

Aromacologia

É uma palavra cunhada há pouco tempo, em 1989, quando em Nova York, « Fragrance Foudantion  and Sense of Smell Institute » criaram e patentearam esta terminologia,que define cientificamente a influência dos  odores  e aromas sobre nossas emoções e sentimentos,  tema para trabalho de desenvolvimento de pesquisas. A entidade reúne recursos globais e financia a pesquisa científica em hospitais e universidades.

A Aromacologia busca promover a integração de áreas científicas diversas, tais como: a química, a farmacologia, a neurofisiologia, a cosmetologia e a psicologia, para elaborar compostos aromáticos que tragam efeitos emocionais às pessoas. Pretende inter-relacionar os aromas e seus efeitos psicofisiológicos. Os estudos realizados podem ser com óleos essenciais 100% puros e naturais, ou apenas com essências sintéticas, criadas em laboratório, não havendo a necessidade de ações terapêuticas, como no caso do uso na Aromaterapia e na Aromatologia.

 

Aromatologia

A Aromatologia  é um termo, agregado pelo Scientific Institute of Aromathology da França,  sendo o  estudo científico dos óleos essenciais e as suas diferentes formas de uso, em especial sua aplicação terapêutica, na psicológica, na gastronômia, seus efeitos nos tratamentos estéticos e energéticos.  

O termo surgiu na França como derivação da palavra Aromaterapia e tinha a intenção de destacar a verdadeira Aromaterapia praticada na França do sistema posteriormente criado na década de 1970 na Inglaterra, o qual é mais focado na massagem e hoje é o mais difundido no mundo.

A Aromatologia difere-se da Aromaterapia devido a sua abordagem mais técnica e científica e o uso terapêutico mais intenso dos óleos essenciais para o tratamento de doenças, incluindo como formas de utilização ingestão, inalação ou massagem com os óleos essenciais. Esse método é amplamente utilizado na França.